Revista MB Recomenda

Todos nós

Por Daniel Brazil - 20/04/2018

O paranaense Carlos Careqa, autor de trilhas sonoras de cinema, teatro e comerciais de TV, mantém a veia criativa em seu novo CD, Todos Nós. As letras de suas canções, sempre desconcertantes, revelam uma poética que beira o surrealismo, alinhavada por melodias bem construídas.
Com uma obra marcada pela ironia e o humor, o compositor fez parte da turma que migrou para São Paulo no final dos anos 70, como seus conterrâneos Arrigo Barnabé e Itamar Assumpção,
Neste 13o. disco Careqa é aompanhado por Marcio Nigro (violões, teclados e baixo) e Thiago Big Rabello (bateria), com algumas participações especiais, como a cantora Fernanda Takai, o percussionista Guello e o violista Fábio Tagliaferri.
Careqa aqui se permite momentos confessionais (“Penso cá com o meu colchão/ quanto maior a cama, maior a solidão”, na faixa-título) que se alternam com imagens inusitadas, como na canção Ruiva (“Rútila mulher, sardas para quem quer”). Há duas composições em parceria, com Chico César (Mãe não é Tudo) e Delia Fischer (Canção de Autoajuda).
O resultado da mistura é um conjunto enérgico de faixas de sabor pop, que paira muito acima do lugar comum radiofônico. Experimente!
 

Publicidade