Revista MB Recomenda

Mangas e bananas para o meu amor

Por Luís Pimentel - 16/01/2018

Ao som de um reco-reco de mola e de um darbuka (Não se assustem, eu também não sabia o que era. Fui pesquisar para descobrir que se trata de um “membranofone tradicional na música árabe, tendo parentesco com o djembe do oeste africano”) e com versos cheirando a embolada (“Coco, cocar coqueiro novo / Não se esqueça de sair do ovo / Para ver o galo cocorocar”), entramos no universo poético e musical de “Mangas e bananas para o meu amor”, o lindo e novíssimo CD autoral (há apenas duas canções com parceiros, uma com Edu Krieger e outra com Rubem Jacobina) da cantora e compositora Camila Costa (Independente). Este é o segundo álbum de Camila (artista jovem, mas com boa trajetória na música, seja em trabalhos solo ou nos primeiros anos de estrada do grupo Sururu na roda), mas que demonstra profissionalismo e acabamento marcantes. Com produção artística da cantora Ceumar e direção musical de Dany Roland, gravado em Amsterdam e no Rio com um timaço de músicos, “Mangas e bananas para o meu amor” faz um passeio delicado por um hortifrúti gostoso de versos e de melodias. Lindo trabalho, que tem lançamento virtual previsto para 16 de fevereiro e shows físicos no Rio, na Áudio Rebel (dias 20/02 e 07/03). Para saber mais da artista e da obra: www.camilacosta.bandcamp.com. Corram atrás.  

Publicidade