Revista MB Recomenda

Jobim 90

Por Luís Pimentel - 02/04/2018

O poder e a magia da grife Tom & Vinicius, especialmente depois do sucesso mundial da garota que encantava Ipanema a caminho do mar, carimbaram a informação de que um não criaria sem o outro. Não é verdade. Construíram obras marcantes com outros parceiros e, especialmente Tom Jobim, também sozinhos. Boa parte dessa produção solo do maestro soberano – como “Águas de março”, “Ana Luiza”, “Chovendo na roseira” e “Samba do avião” foi selecionada, agrupada e cantada lindamente por Fernanda Cunha no álbum “Jobim 90” (alusão aos 90 anos que ele teria feito no dia 25 de janeiro de 2017, ano em que o disco foi lançado). Com arranjos de Zé Carlos, Jorjão Carvalho, Camila Dias e Helvius Vilella, produzido pela própria Fernanda, “Jobim 90” é independente e pode ser encomendado em www.fernandacunha.com.

Publicidade