Revista MB Recomenda

Festejo – Marcelo Menezes por Água de Moringa

Por Luís Pimentel - 14/12/2016

Exímio violonista, músico de trajetória longa e aplaudida em shows e nos estúdios de gravação, o virtuose Marcelo Menezes (conhecido no meio musical como Macarrão) é também um compositor de fino trato. Conheço o seu trabalho como instrumentista desde a formação inicial do grupo Dobrando a Esquina – craques no acompanhamento de inúmeros cantores, especialmente do samba (Cristina Buarque entre eles). Como o compositor explica na apresentação do álbum, suas influências musicais vêm desde a infância, pois o pai, Rozendo Menezes (violonista que nem ele) já tocava em um conjunto chamando Blim Blim Blim. O disco “Festejo – Marcelo Menezes por Água Moringa” nasceu de uma ação entre amigos. E começou com a adesão irrestrita dos seus amigos do Água de Moringa (Rui Alvim, Marcílio Lopes, Jayme Vignoli, Luiz Flavio Alcofra, Josimar Carneiro e André Carneiro, também arranjadores das canções), grupo que tem história das mais bonitas na música brasileira. A obra de Macarrão, composta de maxixes, choros, valsas, ragtime, polca, schottisch e frevos dança direitinho nos conformes dos sopros, cordas e percussões do Água. O resultado é um disco leve e saboroso.

Publicidade