Homenagens

Jorge Aragão: homenagem ao poeta do samba

Por Luís Pimentel - 30/08/2016

Chamado por alguns de “O poeta do samba” (com certeza é um deles, já que o gênero sempre atraiu grandes poetas, letristas primorosos e excelentes músicos), Jorge Aragão construiu carreira única na música brasileira. Além de ocupar lugar de destaque na galeria dos grandes sambistas, é tido como um criador dos mais inspirados, cantor com embocadura própria e afeita à cadência particular do ritmo.


Um dos craques do time que afiou o talento na quadra histórica do Cacique de Ramos (juntamente com Luiz Carlos da Vila, Zeca Pagodinho, Sombrinha, Arlindo Cruz, Mauro Diniz e tantos outros), Aragão sempre teve mão firme para a criação de grandes sucessos, como “Coisinha do pai”, “Coisa de pele”, “Malandro”, “Enredo do meu samba”, canções que caíram imediatamente no gosto popular.


Grande parte dessa obra é destaque na homenagem que a Musickeria (em sua coleção Sambabook) presta agora a esse grande artista, com apoios institucionais que vão da Petrobras à Prefeitura do Rio, lançando o pacote que traz ao mesmo tempo CD, DVD e livro (discobiografia escrita, e muito bem escrita, pelo jornalista João Pimentel e editada pela Sonora). Defendendo a obra do sambista, em gravações precisas, estão nomes como Beth Carvalho, Zeca Pagodinho, Maria Rita, Seu Jorge, Lenine, Péricles e outros.

Publicidade


Material para CD e DVD de Jorge foi gravado na Cidade das Artes, com direção geral de Bruno Murtinho e direção artística de Afonso Carvalho. Um belo presente aos fãs do artista. Justa e merecida celebração.
 

Publicidade