Especial

Ao vivo em Copacabana

Por Luís Pimentel - 20/10/2015

O Trio Madeira Brasil é formado por craques do primeiríssimo time da música instrumental brasileira: Ronaldo Bandolim ( um dos maiores músicos brasileiros, mestre no instrumento com carreira atrelada a ícones como o Conjunto Época de Outro, Chico Buarque, Paulinho da Viola, Marisa Monte e outros); Zé Paulo Becker, que no grupo toca violão e viola caipira, tem carreira solo com alguns discos lançados e mostra há algum tempo fôlego especial como compositor; e Marcello Gonçalves, que domina como poucos o violão de sete cordas, grava com as maiores feras, faz duo com o cavaquinista dos cavaquinhistas, Henrique Cazes, e ainda arruma tempo para integrar o grupo de samba e choro Rabo de Lagartixa.


O Madeira está na estrada há pelo menos duas décadas. Quando lançou o seu primeiro CD, em 1998, os três artistas já eram bastante conhecidos e admirados pelos curtidores da música instrumental bem executada. Agora o trio está lançando, juntamente com mais um CD, o primeiro DVD da bela carreira, produzido em parceria com a MP, a B Discos, o Canal Brasil e a gravadora Som Livre. O registro (lindo, por sinal), foi feito durante apresentação no Theatro Net Rio, em 2013. Ganhou o título sugestivo e carioquíssimo de “Ao vivo em Copacabana”, e conta com a participação sempre especial e bem recebida do violonista gaúcho Yamandu Costa, um expert do instrumento.


Entre repertório fixo e extras de se ouvir e ver com atenção redobrada, estão composições de criadores como Jacob do Bandolim, Tom Jobim, Villa-Lobos, Egberto Gismonti, Chico Buarque, Manuel de Falla, Piazzolla, Radamés Gnatalli (ele mesmo, o insuperável Radamés), Edu Lobo e o próprio Becker.

Publicidade


Corram atrás que é coisa fina. De encher os olhos e os ouvidos.
 

Publicidade