Artigos

O SOL de Gustavo Galo

Por Daniel Brazil - 28/04/2016

A Trupe Chá de Boldo é um dos mais interessantes grupos surgidos no cenário brasileiro nos últimos anos. Já foi chamada de tudo: riponga, pós-tropicalista, eclética, excêntrica, inovadora, saudosista, vanguardista, o escambau. De fato, a mistura sonora e poética que promove dá margem a várias leituras, ou audições. O fato é que soa diferente, e criou um conjunto de canções que se ouve com muito prazer.


Um dos grandes responsáveis pelo repertório da Trupe é Gustavo Galo, vocalista e compositor. Depois de receber elogios pelo primeiro disco solo, ASA, lançado há dois anos, Galo agora está nos estúdios gravando SOL. É novamente um trabalho solo, como o título insinua, e de confessada inspiração maiakovskiana. Como diz o texto de apresentação, as canções foram compostas na estrada, de sol a sol, com voz e violão.


Para gravá-las, Galo convocou os amigos Tomás Oliveira (teclados e baixo), Gustavo Ruiz (baixo e guitarra, que assina também a produção) e Pedro Gongon (bateria). Há ainda as participações especiais de Luiz Chagas e Sessa, nas guitarras. São dez canções, sendo sete autorais. Galo surpreende fazendo releituras de Lirinha, Luís Capucho e Jorge Mautner.

Publicidade


Seguindo a tendência atual, Galo está fazendo crowdfunding através da Kickante (http://www.kickante.com.br/campanhas/gustavo-galo-gravacao-do-segundo-disco). Vale a pena assistir o vídeo que mostra o clima de estúdio, e garantir o recebimento do CD autografado em casa. Ou participar das outras promoções, como ingressos para shows, kit com os dois CDs, etc. Gustavo Galo é, sem dúvida, um jovem talento em quem vale a pena apostar!
 

Publicidade